Compartilhe:

Qual é o melhor tratamento para dependentes químicos?


Qual é o melhor tratamento para dependentes químicos?

Conviver com alguém que possui dependência química é uma situação delicada. Ao chegar neste estado, o indivíduo não possui mais controle sobre suas ações, já que o sentido da sua vida é manter o seu vício.

Por isso, para aqueles que acompanham alguém nestas condições, é importante saber que está ao seu alcance ajudar e não alimentar um sentimento de impotência.

Nesse sentido, é preciso ter em mente que são raros os casos em que o usuário consegue se desvencilhar sozinho de sua dependência. Por isso, geralmente é necessário recorrer à ajuda especializada para intervir neste momento.

Hoje, os centros de recuperação são a melhor opção de tratamento para dependentes químicos. Entenda o porquê lendo este artigo.

O que é um centro de tratamento?

Assim como é necessário se internar em um hospital para curar um tumor, é igualmente importante estar em um lugar especial que disponha de profissionais competentes e ambiente preparado para recuperar pessoas em situação de dependência química. 

Os centros de tratamento atuais não se parecem em nada com os do passado, onde os dependentes passavam por situações de violência e humilhações. Hoje há a missão de proporcionar um atendimento humanizado, tendo em vista a complexidade deste momento de desintoxicação.

Como funciona o atendimento na Clínica Recuperando Vidas?

Na Clínica Recuperando Vidas, por exemplo, os conviventes contam com um espaço verde e tranquilo em Piracicaba, interior de São Paulo. A instituição possui duas unidades: uma para o público masculino e outra para o feminino, atendendo às necessidades específicas de cada um dos sexos.

Em ambas, é realizado um serviço de excelência, com uma equipe composta de profissionais de diversas áreas, entre os quais se encontram:

  • Médicos clínicos gerais, os quais estão atentos a problemas de saúde decorrentes do uso das drogas;
  • Médicos psiquiatras, que avaliam a necessidade de inserir medicamentos no tratamento do paciente, também identificando a ocorrência de doenças de ordem mental como depressão e ansiedade;
  • Psicólogos, que oferecem aos conviventes um acompanhamento psicoterápico para tratar das origens de seus problemas mentais e aprender a lidar com estas questões;
  • Nutricionistas, que estão atentos aos problemas de saúde prévios do indivíduo e que também criam uma dieta personalizada para suprir as necessidades biológicas que aparecem ao longo do tratamento;
  • Professores de educação física, já que estudos na área da psiquiatria comprovam que praticar exercícios físicos contribui para a melhora de sintomas de doenças de ordem mental. Pensando nisso, são oferecidas aulas de Jiu-Jitsu, arte marcial que exige do indivíduo equilíbrio, concentração e domínio do corpo.  Através da aprendizagem de um esporte, o paciente também levará para sua vida pessoal este estilo de vida, o que é essencial para que o processo de recuperação seja bem-sucedido.

A Clínica Recuperando Vidas também se preocupa com os familiares dos dependentes. A instituição oferece serviço terapêutico para os que integram o grupo familiar do indivíduo. Assim é possível cuidar também dos que auxiliarão o paciente a se preparar para o seu retorno à sociedade. Esta articulação interna e externa contribui para atingir a recuperação de fato. Venha conhecer nossas unidades!

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,