Compartilhe:

Quais os efeitos que as drogas psicoativas causam no sistema nervoso?


Quais os efeitos que as drogas psicoativas causam no sistema nervoso?

Quais os efeitos que as drogas psicoativas causam no sistema nervoso?

 

Que as drogas são prejudiciais à saúde, todo mundo sabe. O que muitos desconhecem são os efeitos que elas podem causar ao organismo. Também conhecidas como “drogas psicotrópicas”, as drogas psicoativas são capazes de alterar o funcionamento do sistema nervoso, gerando uma série de danos.

 

Você sabe dizer quais efeitos são estes? As informações presentes neste artigo possuem a resposta para esta dúvida. Continue fazendo a leitura e descubra!

 

O que são drogas psicoativas?

Uma substância psicoativa atua principalmente no sistema nervoso central, provocando alterações no comportamento do usuário. Classificadas em três categorias, as drogas psicoativas se dividem em alucinógenas, depressoras e estimulantes. Devido a sua diversidade, essas substâncias são utilizadas para objetivos distintos, como fins terapêuticos, religiosos ou recreativos.

 

Ao contrário do que muitos acreditam, as drogas psicoativas vão além de substâncias ilícitas. Abaixo, confira alguns exemplos de drogas psicotrópicas (lícitas e ilícitas):

 

- Cafeína;

 

- Álcool;

 

- Maconha;

 

- Haxixe;

 

- LSD;

 

- Ecstasy;

 

- Cocaína;

 

- Crack;

 

- Cogumelos alucinógenos;

 

- Tabaco.

 

O que é o sistema nervoso?

O sistema nervoso é a parte do organismo responsável por coordenar e regular todas as funções do corpo, sejam elas voluntárias ou involuntárias.Isso significa que é o sistema nervoso que comanda a respiração, batimentos cardíacos, digestão, entre outras funcionalidades do organismo, como a reação a estímulos relacionados a imagens, sons e odores.

 

No ser humano e em outras espécies de animais, o sistema nervoso é composto por duas partes: O sistema nervoso central (SNC) e sistema nervoso periférico (SNP).

 

Os efeitos das drogas psicoativas no sistema nervoso

As drogas psicoativas atuam no cérebro de diversas formas, uma vez que elas são divididas em três categorias. As drogas alucinógenas causam danos ao funcionamento do cérebro, por meio de alterações. Estes delírios impossibilitam o usuário de distinguir aquilo que é real ou não, fazendo-o perder a noção de espaço e tempo. Outra consequência que os alucinógenos provocam é a euforia ou relaxamento. Entre os representantes desta categoria, podemos citar a maconha, o chá de cogumelo, o êxtase e o LSD.

 

As drogas depressoras tornam o funcionamento cerebral mais lento. A sonolência e a tranquilidade são os efeitos proporcionados ao dependente químico. Outra característica deste tipo de droga é o “desligamento”. Assim como ocorre com as substâncias alucinógenas, o usuário perde a noção do tempo e realidade. Se enquadram nesta categoria os barbitúricos (tiopental, fenobarbital e pentobarbital), ansiolíticos, bebidas alcoólicas e tranquilizantes.

 

Já as drogas estimulantes causam o aceleramento cerebral, provocando um estado de alerta desnecessário. Este tipo de droga causa no sistema nervoso os seguintes efeitos: Euforia, excitação, sensação de bem-estar, aumento da temperatura corporal e insônia. Destacam-se como substâncias estimulantes o ecstasy, a anfetamina, a cocaína, a nicotina e o crack.

 

Buscando ajuda médica

Independentemente do tipo de droga psicoativa que um dependente químico usa e de seus efeitos no sistema nervoso, todas elas são igualmente prejudiciais à saúde.

 

Normalmente, pessoas viciadas em substâncias químicas almejam encontrar uma nova fonte de prazer, com o objetivo de suprir alguma frustração ou desconforto, já que as drogas são capazes de proporcionar esta sensação de bem-estar.

 

Acontece que, quanto mais drogas um indivíduo consome, maior será a sua necessidade, uma vez que a cada uso, os efeitos serão menos intensos e passarão mais rápido. Para tratar este vício, é importante que os familiares do usuário busquem ajuda médica.

 

As clínicas de reabilitação contam com vários profissionais da área da saúde, como enfermeiros, psicólogos e nutricionistas, que ajudarão no processo de desintoxicação e cura.

 

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco. Teremos o maior prazer em esclarecer suas dúvidas.

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,