Compartilhe:

Quais são os tipos de drogas lícitas que existem?


Quais são os tipos de drogas lícitas que existem?

Quais são os tipos de drogas lícitas que existem?

Muito ouvimos falar sobre os riscos que as drogas oferecem aqueles que fazem uso delas. Seja pelos próprios danos físicos e psicológicos que ela causa, pelos crimes gerados no meio do tráfico, ou até mesmo alguns outros problemas de outra ordem.

 

No entanto, o que muitas pessoas não levam em consideração é o fato de que não são apenas as drogas consideradas como ilícitas que podem causar tudo o que foi citado anteriormente. As drogas lícitas, assim como aquelas consideradas como proibidas, também podem provocar danos sérios e até mesmo reversíveis.

 

Para saber um pouco mais sobre quais são as drogas lícitas que existem e quais os riscos que elas podem causar, continue acompanhando esse post. Boa leitura!

 

O que são as drogas lícitas?

 

Antes de falarmos sobre quais são as drogas lícitas existentes em nossa sociedade, é preciso que você entenda o que são drogas lícitas. O conceito de “legalizadas” também serve aqui, já que as drogas lícitas podem ser tanto produzidas quanto comercializadas livremente, ao passo que sua aceitação pela sociedade também é bastante tranquila.

 

Álcool

 

Como não poderia deixar de ser, a primeira droga lícita citada aqui é o álcool. Afinal de contas, essa é uma das drogas mais conhecidas e utilizadas por todo o mundo. Embora pareça inofensivo, o álcool é tão perigoso quanto drogas mais fortes, como o crack, por exemplo.

 

Basta que analisemos por um instante as mortes causadas em decorrência de acidentes de trânsito onde o motorista estava bêbado, aí já teremos uma noção do quão destrutiva essa droga, que é considerada como lícita, pode ser na vida daquelas pessoas que a consomem.

 

Além disso, o álcool também causa dependência, o chamado alcoolismo. Segundo apontam pesquisas da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4% da população brasileira com faixa etária acima dos 15 anos já pode ser considerada alcoólatra.

 

Esse é um problema bastante sério, já que o alcoolismo incapacita o sujeito tal como se ele fosse dependente de outra droga, como a cocaína, por exemplo. Considerada como uma doença, o alcoolismo precisa de acompanhamento médico e, em alguns casos, até mesmo de internação para que o alcoólatra consiga se recuperar.

 

Cigarro

 

Assim como o álcool, o cigarro também pode ser considerado como uma droga lícita extremamente conhecida e utilizada. Afinal de contas, não é à toa que ele é conhecido como o maior problema de saúde pública no mundo todo na atualidade.

 

Isso porque os prejuízos que ele traz à saúde das pessoas que fumam são incontáveis, o que se deve, sobretudo, à grande e variada composição de substâncias que ele possui, o que vai desde folhas de tabaco até substâncias químicas como amônia, arsênico, cianeto hidrogenado, entre outros.

 

Só para se ter uma ideia do quanto o cigarro é extremamente nocivo à saúde, a fumaça que ele deposita nos pulmões dos fumantes é composta dos seguintes elementos: nicotina e alcatrão, com destaque para o alcatrão, já que esse é o grande responsável pelos inúmeros casos de câncer de pulmão causados pelo uso do cigarro.

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,