Compartilhe:

Quais os efeitos que o consumo das drogas perturbadoras traz para os usuários?


Quais os efeitos que o consumo das drogas perturbadoras traz para os usuários?

Quais os efeitos que o consumo das drogas perturbadoras traz para os usuários?

 

As drogas perturbadoras são, resumidamente, substâncias que perturbam as funções do sistema nervoso central. São classificadas como um dos tipos de psicotrópicos.

 

A sua principal ação é a interferência na comunicação entre os neurônios. Essa intervenção provoca diversas sensações como ansiedade, alucinações, excesso de sono e outras distorções da realidade.

 

O tipo de efeito provocado depende diretamente do tipo de droga utilizada. Assim, apesar da definição geral, os efeitos podem variar muito de contexto para contexto. Além disso, o uso conjunto de mais de uma substância pode resultar em diferentes reações.

 

Entenda melhor quais são os efeitos provocados pelo consumo de psicotrópicos a seguir.

 

Qual é a diferença entre as drogas perturbadoras e os outros tipos de psicotrópicos?

 

Dentre os diversos tipos de drogas que alteram momentaneamente as funções cognitivas e o comportamento, sobretudo as ilegais, as psicotrópicas perturbadoras e as estimulantes são as que provocam maior dependência.

 

Já as drogas depressoras, incluindo o álcool, que agem fazendo com que o sistema nervoso fique mais lento, figuram entre alguns tipos de inalantes e outros medicamentos vendidos com receita médica.

 

Entretanto, é necessário ressaltar que uso indiscriminado dos três tipos de psicotrópicos citados pode se tornar um vício com necessidade de tratamento, incluindo o alcoolismo.

 

Como a droga perturbadora age no organismo?

 

Triexifenidil

 

O triexifenidil, medicamento utilizado no tratamento de Parkinson, tem um caráter anticolinérgico e é uma das drogas perturbadoras mais populares, logo ao lado da maconha. Esse medicamento age como bloqueador da acetilcolina, molécula neurotransmissora atuante no sistema colinérgico.

 

Em doses mais elevadas provoca alucinações com perseguições, animais, pessoas, entre outras. Os tipos de delírios provocados dependem de cada pessoa, quantidade utilizada, interação com outras substâncias, personalidade, entre outros fatores. Os efeitos costumam ser intensos e prolongados e podem durar até 3 dias.

 

Os sintomas físicos mais evidentes do uso das drogas perturbadoras são:

 

coração disparado;

 

pupilas dilatadas;

 

secura na boca;

 

intestino preso durante o tempo em que a droga age;

 

retenção urinária.

 

Os perigos das altas doses de triexifenidil

 

Devido a sua interferência direta no sistema nervoso central, as drogas perturbadoras podem se tornar extremamente perigosas, pois as doses elevadas induzem o corpo à diversas reações. A elevação da temperatura, por exemplo, provoca vermelhidão no rosto e pescoço. Há, ainda, risco de convulsão, sufocamento e batimentos cardíacos acelerados.

 

Maconha

 

A maconha, por outro lado, deve os seus efeitos alucinógenos à substância THC (tetraidrocanabinol) presente em sua composição natural. Entretanto, a intensidade dos efeitos da Cannabis depende diretamente da concentração de THC presente em cada planta, ou seja, da qualidade da amostra, como também da tolerância de quem a usa.

 

As pessoas que experimentam os efeitos da maconha de maneira mais intensa apresentam os seguintes sintomas físicos:

 

suor;

 

membros trêmulos;

 

nervosismo;

 

aflição e medo de perder o controle;

 

distorção na percepção de espaços;

 

perda da noção do tempo;

 

memória de curto prazo prejudicada;

 

delírios relacionados à perseguição;

 

comportamentos perigosos de fuga como resultado da percepção distorcida de situações e barulhos corriqueiros;

 

agressão como forma de se proteger de ameaças irreais.

 

Além dos sintomas citados, o uso continuado da maconha pode trazer maiores prejuízos na capacidade de aprendizagem e na qualidade da memória.

 

Quando o indivíduo apresenta certas doenças mentais, o uso da maconha pode potencializar os sintomas desse quadro e, quando ainda não é diagnosticado, trazer à tona a doença e escancarar certos comportamentos e tendências psicológicas.

 

Assim, o uso indiscriminado de drogas perturbadoras, sejam elas medicamentos ou substâncias de origem vegetal, pode levar a uma dependência séria e colocar a saúde do usuário em risco de diversas maneiras.

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,