Compartilhe:

Cogumelo: Conheça mais sobre essa droga


Cogumelo: Conheça mais sobre essa droga

Cogumelo: Conheça mais sobre essa droga

Substâncias psicodélicas existem há séculos, usadas em cerimônias religiosas e em algumas culturas para induzir um despertar espiritual ou uma experiência transcendental. A psilocibina é uma dessas substâncias encontradas naturalmente em certos tipos de cogumelos e pode causar efeitos colaterais graves, além de ser potencialmente viciante.

 

No artigo a seguir, você conhecerá mais sobre a psilocibina, incluindo suas características e efeitos do consumo.

 

Confira!

 

Características do cogumelo

 

Cogumelos contendo psilocibina são encontrados em regiões subtropicais e tropicais dos Estados Unidos, México e América do Sul.

 

Estes cogumelos têm hastes longas, finas, brancas ou de cor clara, com guelras escuras na parte inferior das tampas, que podem ser marrom-escuras nas bordas e ou marrom-claras ou totalmente brancas nos centros.

 

Estes cogumelos são comercializados em formas frescas e secas. Na forma seca, geralmente são cor de ferrugem com manchas brancas ou esbranquiçadas. Normalmente são ingeridos dessa forma, mas também podem ser adicionados à comida ou utilizados para fabricar bebidas, como chás, a fim de encobrir seu sabor amargo.

 

Efeitos

 

Cerca de 20 minutos após a ingestão de um cogumelo de psilocibina, os indivíduos começarão a sentir os efeitos que provavelmente duram entre quatro e seis horas. Quando alguém toma uma substância alucinógena, os efeitos resultantes são muitas vezes referidos como uma "viagem".

 

Acredita-se que a psilocibina atua no córtex pré-frontal do cérebro, a região que está envolvida em ajudar a controlar o humor e as percepções, analisar pensamentos e regular o pensamento abstrato.

 

A psilocibina também afeta os níveis de serotonina no cérebro, um dos mensageiros químicos relacionados a sentimentos de prazer. As viagens de cogumelo alteram percepções de tempo, espaço e sentidos. Sob a influência da psilocibina, os indivíduos podem não conseguir diferenciar a realidade da fantasia ou das alucinações.

 

Fisicamente, os indivíduos podem ficar enjoados e descoordenados, com vômitos, sonolência e fraqueza muscular, sendo todos efeitos colaterais potenciais do uso de psilocibina.

 

Nem todas as viagens são positivas. Algumas pessoas podem sofrer sintomas psicóticos, ataques de pânico, paranoia, transpiração excessiva, dificuldades para dormir e perda de apetite quando tomam cogumelos com psilocibina.

 

Efeitos a longo prazo da psilocibina

 

Os efeitos colaterais de longo prazo da psilocibina não foram completamente estudados, principalmente por ser uma droga ilícita com restrições à utilização científica.

 

Uma das consequências potenciais de abusar de uma droga alucinógena pode ser o início de uma condição debilitante chamada de transtorno perceptivo persistente por alucinógenos. A revista Therapeutic Advances in Psychopharmacology adverte que cerca de 50% das pessoas que tomam uma droga alucinógena podem ter efeitos retardados da droga, conhecidos como flashbacks, em algum momento.

 

Um flashback é uma repetição de sintomas que aparecem aleatoriamente e sem aviso prévio. Os efeitos desses flashbacks podem ser intensos e produzir sensações semelhantes ao momento de uso da psilocibina — podendo persistir por anos.

 

A psicose persistente é outro possível efeito colateral a longo prazo de abusar de uma droga alucinógena como a psilocibina. Como a droga altera as percepções e as conexões cerebrais, é possível que algumas dessas mudanças se tornem permanentes, incluindo distúrbios de humor, paranoia, pensamento desorganizado e distúrbios visuais.

 

Em resumo, nenhuma quantidade de psilocibina é considerada segura. O uso recreativo dessa substância psicodélica pode causar muitos efeitos colaterais potencialmente perigosos e não intencionais.

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,