Compartilhe:

Problemas sociais proveniente do uso do álcool


Problemas sociais proveniente do uso do álcool

Problemas sociais proveniente do uso do álcool

 

Problemas sociais proveniente do uso do álcool – O consumo de álcool está associado a diversas consequências para o indivíduo que o utiliza para aqueles que estão à sua volta e para a sociedade como um todo. Consequências como acidentes de trânsito, problemas no trabalho e com a família e violência interpessoal têm sido o foco de interesse e de cuidado pública e de estudos científicos nos últimos anos, indicando um interesse progressivo na elaboração de um conceito muito mais amplo do fenômeno.

O estrago que o uso de álcool estabelece nas redes sociais como um todo é resultado tanto do prejuízo que esta questão causa na produtividade econômica quanto da dedicação e dos recursos gastos pela justiça criminal, através do sistema de saúde e por diversas instituições sociais.

Problemas sociais proveniente do uso do álcool – Consumo de álcool e trabalho

O consumo de bebidas alcoólicas pode altamente reduzir a produtividade.

O absenteísmo (faltas ao trabalho) associado com o uso e dependência de álcool configura um custo substancial para empresários e para o Estado.

Disso, diversos estudos têm demonstrado a relação entre uso abusivo de álcool e desemprego, com uma relação causal sendo determinada em ambos os sentidos, ou seja, com o uso abusivo de bebidas alcoólicas levando ao desemprego e com a perda de trabalho finalizando em consumo abusivo de bebidas alcoólicas.

Calcula-se em 30% as taxas de absenteísmo e de acidentes de trabalho provocados por dependência de álcool na Costa Rica. Na Índia, os valores, apontam que de 15 a 20% do absenteísmo e 40% dos acidentes de trabalho são propícios ao consumo de álcool.

Um estudo recente realizado nos EUA constatou que os moradores da zona rural que vivem em fazenda que fazem uso muito mais continuo de bebidas alcoólicas apresentam taxas muito mais altas de acidentes de trabalho do que aqueles que fazem uso menos frequente.

Na França, os acidentes de trabalho provocados através do uso de álcool alcançam números que variam de 10 a 20% do total de acidentes dessa natureza constatados no país. No Reino Unido,

calcula-se que o custo total desse impacto no trabalho atinja a cifra anual de £6,4 bilhões.

Problemas sociais proveniente do uso do álcool – Consumo de álcool e família

Sobre o que tange à família, o uso de bebidas alcoólicas está associado às consequências negativas seja daquele que bebe quanto de seu cônjuge e filho.

Os Problemas do álcool à família podem vir de diversas formas, seja pela saúde física e mental de seus membros, seja pela saúde financeira do lar.

O consumo de álcool durante a gravidez pode resultar em complicações para a saúde da criança, como a Síndrome Fetal Alcoólica. Além disso, o uso dessa substância pelos pais também está associado ao abuso de crianças e às consequências negativas para o universo social, psicológico e econômico do indivíduo.

O dinheiro que gasta com bebida alcoólica muitas vezes é tirado da a alimentação de um lar necessitado de recursos financeiros, deixando seus integrantes à mercê de intercorrências e suscetibilidades. Vale salientar também o surgimento de violência no lar e os acidentes domésticos em decorrência do uso de álcool no contexto familiar. Verifica-se dessa forma, que o consumo de bebidas alcoólicas pode danificar a relação entre pais e filhos e entre marido e mulher, desgastando o ótimo funcionamento da casa como um todo.

Problemas sociais proveniente do uso do álcool – Álcool e pobreza

As consequências econômicas que o uso de álcool acarreta são importantes principalmente em regiões de elevada pobreza.

Além de gastar dinheiro com o álcool o viciado, sofre prejuízos como pessoas que tiram proveito da situação e os contratam por quantidades de dinheiro mal remunerados , perda de oportunidades de trabalho, gasta dinheiro com a saúde pois vive devido a várias doenças e acidentes. Problemas sociais proveniente do uso do álcool – Álcool e violência doméstica

Os estudos, de um modo geral, têm apresentado que o uso de álcool está presente em um número expressivo de casos de violência doméstica. O álcool tem se apresentado um forte elemento de risco para a violência marido-mulher.

A culpa do álcool com episódios de violência vem aumentando nos últimos anos. Desta forma o papel do álcool nessa questão ainda é incerto. As autoridades policiais, dessa forma, afirmam em ao menos 26% dos casos estudados teve relação com o alcool. Portanto, fica claro que o uso de álcool está associado à diversas consequências sociais. Torna-se assim, necessário a realização de muito mais estudos sobre esta questão a fim de que se venha medir as suas consequências de maneira muito mais significativa.

Melhor tratamento para a depressão

Confira aqui! Depressão o que é, depressão tem cura sim, sintomas de depressão, depressão profunda, depressão causas, como curar a depressão sozinho, quanto tempo dura uma depressão grave,

Como tratar a depressão sozinha, acabe com esta tristeza a Clínica Recuperando vidas está aqui para ajudar!

Estamos habituados a atribuir, a depressão à tristeza, no entanto é necessário compreender que ela vai muito, além disso.

Sentir tristeza e para baixo por um período, faz parte da vida. No entanto se o vazio, a desesperança e o desespero são duradouros pode ser indício de depressão.

A tristeza é um sentimento passageiro e quando uma pessoa está triste é capaz de reagir atendendo a estímulos de satisfação, porém, alguém em estado depressivo pode manter-se angustiante por dia e atividades normalmente prazerosas podem não despertar interesse algum.

A sensação de ausência de poder e gerenciamento sobre a própria vida, a visão negativa do mundo e a indiferença em conflitos e confrontos são atribuídos a comportamentos depressivos.

A depressão é uma doença que necessita de tratamento, visto que afeta o dia-a-dia do paciente e interfere ativamente em sua vida.

Muitas vezes a família, colegas ou pessoas mais próximas, sem ter conhecimento da doença, lidam de maneira agressiva e impaciente, infelizmente piorando o quadro da doença e intensificando a pouca autoestima do paciente.

Há diversos tipos de distúrbios depressivos e os principais são:

Depressão Maior

Apresenta sintomas graves que afetam na capacidade de trabalhar, dormir, estudar, comer e aproveitar a vida. Depressão Persistente

Uma pessoa diagnosticada com depressão insistente pode ter eventos de depressão maior juntamente com sintomas menos sérios, no entanto os sintomas da depressão devem durar por dois anos.:

  • Depressão Psicótica:

Refere-se de quando a pessoa possui depressão grave simultaneamente com algum tipo de psicose, como fictícias crenças, uma ruptura com a realidade (delírios) ou alucinações, como escutar coisas que as demais pessoas não podem escutar ou perceber

  • Depressão pós-parto:

Esse é um sério problema muitas mulheres passam por essa depressão quando são vítimas de alterações hormonais e físicas e a nova obrigação de assistência de um recém-nascido pode se transformar uma preocupação esmagadora. Calcula-se que de 10 a 15 por cento das mulheres são vítimas com depressão pós-parto.

  • O Distúrbio Afetivo Sazonal (SAD, do inglês: Sazonal Efetive Discorde):

Caracteriza-se por aparecimento da depressão ao longo dos os meses de inverno, quando há menos luz solar natural. Este tipo de depressão para de ocorrer ao longo da a primavera e o verão. O SAD pode ser descrito com a tratamento da luz, porém quase metade das pessoas que são vítimas com ela não melhora apenas com este tipo de terapia. Antidepressivos e psicoterapia podem auxiliar a diminuir os sintomas sendo empregados sozinhos ou em conjunto com a terapia da luz.

  • Transtorno Bipolar ou maníaco depressivo:

Não tão comum como a depressão maior ou o transtorno depressivo insistente O transto

Tratamentos

Blog

Informativos para auxílio da família,dependentes químicos e alcoólicos

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

Importância da psicoterapia grupal no processo terapêutico.

A submissão química é uma enfermidade contemporânea que acarreta prejuízo as biografias e famílias.

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Drogas Perturbadoras/Alucinóginas

Iremos abordar neste texto as drogas alucinógenas, seus efeitos e deliberações

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

COMPORTAMENTOS ADICTIVOS

É praxe articular comportamentos adictivos com o excesso de substâncias como a droga e o bebida alcoólica.

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

Como Proteger-se o Alcoolismo na juventude

No Brasil, de concordância com o Texto 243 do Lei da criança e do Adolescente,